Devemos operar notícias? (Pt.1)

Por Jose Gaspar em 15 de maio de 2017 às

img-1

No dia 19/04/17 a divulgação de que as reservas de petróleo nos EUA estão mais baixas que o esperado fez com que as ações da Petrobras caíssem mais de 4% em único dia.

img-2

Devemos ficar atentos a essas notícias que impactam os ativos que operamos? Esta é uma pergunta polêmica e existem bons argumentos dos dois lados.

 

Vejamos, no gráfico acima, os movimentos dos preços anteriores a essa notícia:

img3

Podemos observar que o ativo teve várias quedas equivalentes ao longo dos dias nos últimos 6 meses. Algumas dessas quedas foram até maiores que a do dia 19/04. Como no dia 10/11 com uma queda de 9,5%, e no dia 11/11 outra de quase 8%. Ao todo tivemos 12 quedas iguais ou maiores que a do dia 19/04 ao longo de aproximadamente 6 meses. Isso significa duas grandes quedas por mês. Ou seja, o acontecimento do dia 19/04 não foi algo fora do comum para o ativo. Foi perfeitamente normal e respeitou sua volatilidade recente.

Nesse período o ativo esteve em movimento lateral. Cenário ideal para um método de volatilidade como o IFR2 que mesmo com as fortes quedas ainda assim teria dado um lucro, apenas neste ativo, de cerca de 5% no período.

Agora vejamos o cenário do ativo nos 6 meses imediatamente anteriores:

img-4

Neste cenário, um método seguidor de tendência como uma simples média móvel de 20 teria nos proporcionado um lucro de pelo menos 100% no período.

Já o IFR2 teria gerado um lucro de 8%.

No entanto se tivéssemos utilizado o método seguidor de tendência no primeiro cenário que analisamos (lateral), o lucro teria sido de apenas 3%.

O que podemos entender disso?

Métodos de volatilidade como o IFR2 são métodos robustos que não dão um lucro extraordinário, mas funcionam razoavelmente bem em praticamente todos os cenários. São pau para toda a obra. Métodos de tendência podem dar lucros gigantescos se conseguirmos surfar uma longa onda de alta, mas dependem do cenário em que o ativo está. Podem dar lucros irrisórios ou até prejuízos se o cenário não for favorável.

A escolha entre um método de volatilidade ou um método seguidor de tendência depende do perfil do trader. Particularmente acredito que devemos ter dois métodos, um para cada situação.

 

 

Fique ligado no Facebook da L&S e na série de vídeos Como Ganhar Dinheiro na Bolsa de Valores.

banner-como-ganhar-dinheiro-na-bolsa-de-valores

Share on Google+Share on FacebookShare on LinkedInTweet about this on Twitter

Deixe seu comentário